Você está aqui: Página Inicial Abertas as inscrições para curso de formação política para leigos

Abertas as inscrições para curso de formação política para leigos

por Pietra Soares última modificação 15/09/2017 14:19

Estão abertas as inscrições para o Curso de Formação Política para cristãos leigos e leigas 2018/2019 oferecido pelo Centro de Fé e Política Dom Helder Câmara (Cefep). O período para os interessados se inscreverem é até 3 de novembro de 2017.

O objetivo da formação é fomentar no Brasil um pensamento social cristão à luz do Ensino Social da Igreja e dos valores evangélicos. O Cefep ainda pretende contribuir com a formação de lideranças na política, a partir de uma reflexão bíblica e teológica, das ciências sociais e da filosofia.

São 360 horas, num curso de duração de um ano e meio. De 14 a 27 de janeiro de 2018 haverá a primeira etapa, com 15 dias de encontros presenciais em Brasília (DF), totalizando 90 horas. Na sequência, a parte à distância, promovida em parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), com 180 horas. A outra etapa presencial, também em Brasília, será em janeiro de 2019, com outras 90 horas.

Durante a formação, haverá a produção de monografia com orientação específica. Para junho e julho de 2018, devem ser agendados encontros regionais com os participantes para avaliar o trajeto realizado nas primeiras etapas do curso. Estes encontros são assessorados pelo secretário executivo do Cefep, padre José Ernanne Pinheiro, e pelo professor Geraldo Aguiar, especialista na área de Metodologia de Pesquisa.

Temas
Os participantes do curso estudarão temáticas históricas, documentos da Igreja, legislação, cidadania, iniciativas sociais e bioética, entre outros.

O Cefep é uma iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), um serviço à formação política dos cristãos leigos e leigas, sob a presidência da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato. O centro possui três eixos: Curso Nacional de Formação Política, rede de assessores e articulação das Escolas Locais de Fé e Política.

 

Ações do documento