CEFEP é presença na 58º Assembleia Geral da CNBB

A CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL (CNBB) encerrou no último dia 16/04/2021 a sua 58ª Assembleia Geral Ordinária – AGO.  O evento é realizado anualmente, porém em 2020 não aconteceu devido as restrições de isolamento social advindas da pandemia da COVID-19.

Esse ano aconteceu entre os dias 12 a 16 de abril através do uso de videoconferência e reuniu os bispos diocesanos e arcebispos, bispos auxiliares e coadjutores, bem como os administradores diocesanos das sedes vacantes. Também os bispos e arcebispos eméritos, assessores das comissões episcopais de pastoral e representantes dos organismos vinculados à CNBB e do Povo de Deus e pastorais da Igreja que são convidados.

A Assembleia Geral é, antes de mais nada, um grande encontro fraterno, orante e celebrativo da CNBB.  Além disso constitui instância de debates e decisões, de acordo com o Direito Canônico, dos assuntos pastorais com os quais se defronta e episcopado do país. Nesse ano o tema central foi o Pilar da Palavra proposto pelas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. (DGAE 2019-2023).

No último dia da Assembleia, os Bispos divulgaram uma “Mensagem ao Povo Brasileiro” onde afirmam que diante da situação vivida país, essencialmente por conta da pandemia, a Igreja não pode se calar já que a vida está sendo “ameaçada, os direitos desrespeitados, a justiça corrompida e a violência instaurada”.

No dia 15 de abril, os Bispos reunidos em Assembleia receberam uma vídeo mensagem do Papa Francisco direcionada ao episcopado onde ele convoca à promoção da reconciliação do povo brasileiro apontando a necessidade da solidariedade, da caridade e da unidade. O papa também faz um pedido: que a Igreja Católica seja exemplo para o país.

O CEFEP, como um serviço da CNBB vinculado à Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato,  se fez presente na Assembleia com a participação do seu Presidente, Dom Giovane Pereira de Melo, Bispo de Tocantinópolis/TO e Bispo Referencial da COMISSÃO EPISCOPAL PASTORAL PARA O LAICATO (CEPL) DA CNBB, além da presença também do Padre Paulo Adolfo, Secretário Executivo do CEFEP.

Programados para falarem no último dia da Assembleia, os dois tiveram a oportunidade de apresentarem as ações desenvolvidas e previstas para o período de 2019 até os dias atuais. Das ações realizadas pelo CEFEP, destaque para:

  • O andamento da 8ª turma do curso de especialização em Fé e Política para Cristãos(ãs) Leigos(as) formada por 47 cursistas vindos de XX Estados Brasileiros;
  • A Capacitação de Conselheiros/as em Políticas Públicas em parceria com a Comissão Sócio Transformadora, Assessoria Política, COMISSÃO BRASILIEIRA DE JUSTIÇA E PAZ (CBJP), UNIÃO MARISTA DO BRASIL (UMBRASIL) e Pastoral da Criança coma realização de 2 etapas em 2020 tendo como resultado expressivo a conclusão de 167 cursistas.
  • Para 2021 está previsto a 3ª edição da capacitação que ocorrerá de modo virtual, programada para início no segundo semestre e um aprofundamento sobre o controle democrático do Orçamento Público – Planejamento Plurianual PPA, sendo iniciado o primeiro módulo dessa capacitação no último sábado, dia 10/04/2021 com a presença de 80 participantes oriundos de todo o Brasil;
  • Curso de extensão em Doutrina Social da Igreja promovido em parceria com a Faculdade João Paulo II – (FAJOPA) – de Marília, pertencente a Província Eclesiástica de Botucatu SP – realizada em 2020;
  • Lançamento do “Guia para a criação de Escolas de Fé e Política ou Fé e Cidadania” realizado em março de 2021, cujo acesso pode ser obtido através do link: https://issuu.com/cefep/docs/guia-para-criacao-de-escolas-de-fe-e-politica-lult
  • Lançamento da 10ª publicação da Rede de Assessores do CEFEP que tem como tema: “Teologia da história e Ação Transformadora” a ser lançado pela editora da PUC-Rio e Letra Capital previsto para maio próximo.

Dom Geovani ainda destacou as ações realizadas e previstas pela CEPL enaltecendo:

  • A conclusão da elaboração dos “Parâmetros básicos para a formação do laicato”, cumprindo as propostas do Documento 105 da CNBB;
  • A programação para o 14º Seminário com os Bispos Referenciais para as CEBs e para o Laicato a ser realizado nos dias 10 e 11 de agosto de modo virtual e falando da importância da participação dos referenciais nessa atividade.
  • Parceria com a Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Social Transformadora na realização da 6ª Semana Social Brasileira;
  • Parceria com a Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e Vida Consagrada na elaboração do material e realização da “Hora Vocacional 2021”;
  • Acompanhamento e participação nas atividades do CNLB, como o lançamento do “Compromisso do Laicato com o “Pacto pela Vida e pelo Brasil” e, nos dias 19 a 21/03, participamos da Reunião do Colegiado Deliberativo do CNLB;
  • Assessorias: realizada em 03/02/21 ao CNLB Regional Leste 2; Movimentos e Novas Comunidades, Associações Laicais nascidas de Carismas de Ordens e Congregações Religiosas dos Regionais Sul 2, Sul 3 e Sul 4 – no dia 22/03/21;

Para o Padre Paulo Adolfo, “a participação na Assembleia Geral da CNBB é fundamental, pois possibilita um momento propício de conhecer a definição do rumo da Igreja no Brasil e também serve como oportunidade de divulgar o que o Centro Nacional de Fé e Política vem fazendo para o serviço de Evangelização de todo o povo de Deus”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *