Conselhos de Cidadania: Exercício de Democracia

Esse é mais um lançamento do CEFEP e quer ser um legado do Ano do Laicato 2017 a 2018, da Campanha da Fraternidade de 2019 que teve como tema: “Fraternidade e Políticas Públicas” e da Capacitação de Lideranças em Políticas Públicas oferecida pelo CEFEP em parceria com a Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sócio Transformadora à partir de 2020.

Obra de Durval Ângelo Andrade, da rede de assessores do CEFEP, e seus colaboradores: Adriana Cristina do Carmo, João Batista Miguel e Rodrigo Marzano Antunes Miranda. Trata-se da edição revista e ampliada, em um volume só, de um conjunto de cartilhas que o autor publicou durante seus seis mandados, de deputado estadual, na assembleia legislativa de Minas Gerais. O material tem como primeiros destinatários as conselheiras e os conselheiros de políticas públicas sendo uma ajuda à sua atuação nesses conselhos representativos da sociedade. É uma obra de grande valor, sobretudo no momento como este em que esses conselhos se encontram fragilizados.

CONSELHOS DE CIDADANIA, EXERCÍCIO DE DEMOCRACIA é um presente oportuno de Durval Ângelo a todas e todos os que procuram exercer a cidadania na defesa e implementação das políticas públicas no Brasil. Neste momento em que o governo Jair Bolsonaro empreende o desmonte das políticas públicas, desidratando os Conselhos de Cidadania que favorecem a participação popular, Durval nos entrega uma reedição ampliada desta importante obra que começou a ser publicada em série por seu mandato de deputado estadual por Minas Gerais. Faz isso motivado pela iniciativa da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sóciotransformadora da CNBB e do CEFEP de oferecer capacitação a conselheiros e conselheiras.

Durval, um dos fundadores do CEFEP/CNBB e membro de sua rede de assessores, tem historicamente se debruçado sobre o tema. Nos seus seis mandatos como deputado estadual em Minas Gerais, atuou sempre na defesa dos Direitos Humanos, da democracia e da cidadania. Sabe como poucos a importância dos conselhos como instrumentos de justiça social. Com formação em filosofia, pedagogia e teologia, apresenta o tema com propriedade, de forma clara e estimulante.

Pe. Paulo Adolfo Simões

Secretário-executivo do Centro Nacional de Fé e Política Dom Helder Câmara-CEFEP

Organizadores: Adriana Cristina do Carmo – João Batista Miguel – Rodrigo Manano Antunes Miranda

Autor: Durval Ângelo Andrade

Durval Ângelo Andrade é escritor e conselheiro-ouvidor do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG). Foi deputado estadual, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais e vereador na cidade de Contagem (MG). Graduado em Filosofia, é também professor e assessor do Centro Nacional de Fé e Política Dom Helder Câmara (Cefep), instituição ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). É autor de vários livros, dentre os quais: O voo do tucano (1999); Fé e política: fome e sede de justiça (2001); Palavras encantadas (2003); O direito de ter direitos: a mais valia dos desvalidos (2010); APAC: a face humana da prisão (2014); Herança maldita: o desgoverno tucano em Minas (2015) ; e a trilogia Tempos sombrios: escritos políticos 2015, Tempos de resistência: escritos políticos 2016 e Tempos de esperança: escritos políticos 2017.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *