Mater At Magistra, um guia de leitura

 

Mater At Magistra – Artigo do Padre Aquino Junior

Publicada por ocasião  do septuagésimo aniversário da Encíclica Rerum Novarium (RN) do papa Leão XIII (1891) , a Encíclica Mater At Magistra (MM) do papa João XXIII (1961) é considerada como uma “encíclica de transição” no contexto mais amplo do desenvolvimento histórico da doutrina social da Igreja. E por várias razões: situa a problemática da justiça social no contexto mais amplo da relação entre os povos; está inserida no contexto de mudança/transição que caracteriza o pontificado de João XXIII e o Concílio Vaticano II; é marcada por atitude de confiança e otimismo para com o mundo e por um estilo e uma linguagem menos filosófico-abstratos e mais concreto-empíricos no trato da realidade. Tudo isso confere particular importância e relevância à MM e justifica este trabalho que, como indica seu subtítulo, pretende ser um guia de leitura da encíclica. Começa indicado o contexto sócio-eclesial em que ela surge e ao qual procura responder. Faz uma apresentação panorâmica do texto em sua estrutura e conteúdos fundamentais. E concluiu destacando alguns pontos importantes para sua adequação compreensão e interpretação.