O retorno do “culto à personalidade” – Ivo Lesbaupin

O retorno do “culto à personalidade”

Ivo Lesbaupin

Janeiro 2008

Parece coisa de um passado totalmente revolto, mas houve um tempo em que um líder político de esquerda, pelo fato de ter chegado ao poder, era exaltado. Tudo o que fazia este líder era considerado bom. E se alguma medida política era desejável e ele não fazia, o motivo alegado era o de que não havia condições objetivas para fazê-lo. Quando este líder eventualmente tomava alguma medida “de direita”, quando articulava alianças com governos ou partidos conservadores, isto era considerado “realismo político” – era a famosa “realpolitik”. E, naturalmente, toda crítica a este líder – já que se tratava de um político de esquerda, dedicado portanto aos interesses do povo – era considerada um ataque da direita.

Clique para obter o arquivo oretorno

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *